13 de Agosto de 2009

  13 de Agosto de 2009, o dia em que a minha aventura entre bombas e armas teve início.

  No dia 13 de Agosto de 2009 foi-me apresentado o universo do counter strike por um rapaz com quem tinha um relacionamento chamado Diogo Costa.

  “Já tinha jogado diversos ‘jogos’ como tribalwars, the crims e o famoso Hugo na PS1 mas nada se equiparava ao mundo do CS” pensava eu. Sempre fui uma pessoa que se fartava rapidamente de jogar o mesmo jogo mas, com este em particular, o assunto mudou de figura.

Resultado de imagem para de_assault cs 1.6

  Comecei por jogar a versão gratuita e, em Novembro, criei a minha primeira conta steam e comprei o jogo. Como qualquer outro jogador, ganhei o gosto por jogar em servidores comunitários, tendo um especial apreço pelo de_assault.

  Estive em várias mas existiu uma que me recordo sempre que imagino o início de tudo. Fui convidada por uma comunidade chamava [OSK] onde fiz pelo menos um amigo para a vida – Psider. Foi de longe a melhor comunidade que frequentei principalmente pelo facto de ser pequena e de todos nos conhecermos e partilharmos esta experiência dos video jogos juntos.

  Foi então que fui convidada para a minha primeira equipa feminina – ProSteel – nenhuma de nós tinha bem a noção do que seria uma equipa e da seriedade que deveria implicar.

  Algumas semanas/meses passaram (não consigo recordar-me do tempo) e encontrei uma jogadora que passei a admirar, decidi adicioná-la na steam e qual não foi a minha sorte que estariam à procura duma quinta para completar a equipa.

  Convidaram-me para jogar um dia e após esse jogo convidaram-me para me juntar a elas. Foi nesse momento que entendi, o CS era mais sério do que eu pensava e eu tinha uma hipótese para o conhecer melhor e estar ao lado de pessoas de influência e numa organização já com renome. DoW eSports era a organização que eu passaria a representar, tendo sido convidada por Sp[O]oky juntando-me também a BeckyBuu, Nani e Cristela. Foi com este quinteto que participei na minha primeira lan (foto acima) e onde obtemos o primeiro lugar ganhando um rato da Logitech, foi com elas que dei os meus primeiros passos no mundo da competitividade e do espírito de equipa.

  Alguns problemas de saúde surgiram a uma das jogadoras e cada uma seguiu o seu caminho.

  A primeira XL Party a que fui decorreu na FIL em 2011 e foi dos melhores eventos a que já fui apesar das memórias de casa de banho LITERALMENTE – assunto para mais tarde.

  Tive também o prazer de passar um fim de semana no norte e assistir à final entre Fnatic e Na’Vi na PGS Exponor em 2012.

  O meu próximo passo foi começar uma equipa e garanto-vos que é uma das partes mais difíceis, mas independentemente dessa dificuldade deparei-me com outro obstáculo, as organizações e a visão das mesmas perante equipas femininas. Durante o 1.6, uma equipa feminina era “contratada” simplesmente por questões de marketing na maior parte das organizações (sim, ainda ocorre) sendo que eu queria mais lans, mais eventos, mais torneios e só me deparava com promessas incumpridas.

  Chegamos então ao momento onde o cumprimento superou as minhas expectativas, uma casa – aliás a MELHOR casa – onde estive até agora e que me possibilitou ir à XL Party da FIL em 2012 com a entrada de todas as jogadoras paga juntamente com as tshirts. Facto interessante: da minha “equipa oficial” só fomos duas (eu e a aynaata) e, apesar de termos três jogadoras de fora, as camisolas tinham os nicks respectivos. Infelizmente, tive pouco tempo nesta organização mas será um nome que nunca esquecerei, madjicK.

  2012 também foi o ano em que comecei a jogar League of Legends e só eu sei a qualidade dos meus rushs torre inimiga, cheguei ainda a ir a uma lan com um grupo de amigos fazer as minhas lindas plays de Sona – não me deixaram jogar de mais nada – na Lan ESAC de 2013.

  O CS:GO surgiu e eu recusava-me a mudar mas o mundo mudou e eu tive de mudar com ele se queria seguir o meu percurso.

  Juntei-me a antigas colegas e pessoas que conhecia do 1.6 – BeckyBuu, aynaata, mharia – e criamos a equipa que viria a representar a segunda melhor organização em que estive e por lá me mantive por mais de 1 ano – Team Veni Vidi Vici ou Team 3V. Por esta equipa passaram nomes como pomba, cutiepie e crazy.

FB_IMG_1501138822388

  Fomos à XL Party de 2013 – eu, pomba e Becky -, à Lan ESAC de 2014, ao qualificador da ESWC/Meet uP em 2014 – eu, Becky e mharia -, EVOCOM Tour, Gameplan Female League, Lan ESAC 2015, à LGW Lisboa Games Week 2014 e ao Wacky Tournament em 2015. Participei também pelas NothernGrade no qualificador da Katowice em 2015.

  Fui convidada para uma discussão sobre o feminismo nos videojogos gravado na Microsoft – não, não tenho jeito para estas situações e visitei a Lisboa Games Week 2015 e Lisboa Games Week 2016 onde fiz um vlog com as minhas compras.

  Decidi deixar a scene feminina portuguesa de fora e aventurar-me para lá dos meus horizontes.

  Entretanto fui a outras lans como a Lan Mafra 2017, ESPL Qualifier, Lan Moita 2016 e a outros eventos com pessoas com as quais culminei uma amizade eterna – Real, warrior -, participando nos seguintes eventos: Lan Moita 2015, Lan ESAC 2016 e 2017.

 

  Passámos a ser uma mix com o nome M1NB e alcançámos o terceiro lugar na Lan Eduga e na LogON, 3 primeiros lugares na LogON.

 

  Posteriormente participei também na Lan ESAC 2017 e na Lan Eduga 2017 – noaimgofull – (onde alcancei o quarto lugar ).

  Enquanto os M1ND apareceram continuei a minha intensa tentativa de encontrar raparigas para se juntarem a mim num projecto europeu, não foi fácil. Surgiram então as TBA.Ladies, uma equipa europeia que sofreu alterações ao longo dos anos, um projecto iniciado por mim, juntando-se a mim ninacacia, Andromeda, Julia e Cristina, uma equipa cujas controvérsias rapidamente a levaram a melhor.

  Escusado será dizer que, sempre que tinha horário para tal, participava nos torneios 1V1 da ESL.

  Desistir nunca foi algo presente no meu dicionário, sendo que recomecei o meu projecto com a Andromeda, Hit, tinach e Dolly, equipa com quem participei na ESL Female Open Spring em 2016. Mais tarde passámos a representar a organização Savage Gaming durante um curto período de tempo (uma organização americana que não recomendo visto que nada do que prometeram foi cumprido – não prometeram imenso como possam pensar).

  Algumas modificações surgiram e a Andromeda deu lugar a Adelajn, com quem participámos na ESL Female Open Winter em 2016. Seguidamente uma intensa reviravolta pairou a equipa e mantive-me com Adelajn na procura de mais três para se juntarem a nós.
Foi então que conhecemos missiorek, Juju e s1err4 que se juntaram a nós e com quem participámos no qualificador da Katowice em 2017 sobre o nome de Just Pink.

  A pressão foi imensa e apenas eu e a Juju nos mantivemos na equipa e iniciámos mais uma vez o nosso caminho de pesquisa por mais três jogadoras. Participámos no segundo qualificador da Katowice – TBA.Ladies – onde alcançámos 5-8 lugar com uma equipa mix.

  Passaram-se alguns meses e, finalmente, o nosso lineup ficou completo – lineup onde actualmente me encontro e onde me juntei com a primeira pessoa com quem estive numa equipa mais séria – composto por Juju (GER), Sp[O]oky (PT), TinyLady (BR) e anniken (NOR). Estivemos prestes a assinar um contracto com os Maestro mas não chegámos a um consenso devido às organizações que apoiam a nossa stream.

  Recebemos uma proposta doutra organização americana – Aspire Gaming – e decidimos aceitar um contrato de 6 meses com os mesmos.

  Passados alguns meses decidimos sair – explicação da nossa saída – e voltamos a usar a nametag criada antes de nos juntarmos aos Aspire, THUNDERC4TZ.

  Enquanto a equipa se preparava para os qualificadores que estariam para breve, fui convidada para ser stand in – ficar com o lugar doutra jogadora – no torneio ESL Female Open Summer 2017 onde joguei pela equipa portuguesa das Hasta Dragons (aynaata, hit, killitast, ishizu e sOfia) – 3 jogos – e alcançaram/alcançamos 9-16 lugar entre 29 equipas.

Já relativamente à equipa onde me encontro, surgiu a informação de que haveria um qualificador para uma lan na Dinamarca, para o qual começámos a preparar-nos apenas 1 mês antes, qualificador esse que se realizou no passado dia 5 de Agosto de 2017 e no qual obtivemos um lugar entre o 9* e 16*.

Passados alguns anos entre organizações e jogadoras decidi por fim à minha aventura feminina e juntei-me à mix anteriormente referida, os M1NB, onde passaríamos a ser mais equipa para diversão do que propriamente uma mix.

  Passados cerca de 2/3 meses da minha saída fui convidada para me juntar a mais 4 jogadoras portuguesas para representar Portugal na WESG – Drama Team: hit, sOfia, strawberry e killitast -, um torneio onde cada equipa é dum país, em que existe um primeiro qualificador por zonas – no nosso caso para Portugal, Espanha e Andorra – que levariam a um torneio LAN pago. Conseguimos alcançar o 3º lugar e ganhar um prémio no valor de 350€ por jogadora.

  Entretanto surgiu uma oportunidade que considerei de sonho e, apesar de awp não ser a minha arma principal desde o início do cs 1.6, decidi tentar a minha sorte e jogar por uma mix das Crowns – strawberry, fragaria, yeahnie e hadesia – onde participámos na Female Legends, torneio no qual alcançamos o 2º lugar e durante o qual fui main awper e dei tryout para a equipa das mesmas.

  Aproximando-se o torneio da ESL Female Spring 2017, as Drama Team decidiram voltar a participar enquanto mix team, sendo o lineup composto por mim, sOfia, hit, KILLITAST e ishyzu.

  Post em constante actualização.

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a website or blog at WordPress.com

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: