Aspire Gaming

  THUNDERC4TZ a Aspire Gaming e de Aspire Gaming a THUNDERC4TZ.

  Há cerca de mês e meio, eu e a minha equipa, outrora denominadas THUNDERC4TZ, decidimos partir em direcção a uma organização americana, Aspire Gaming. Apesar da organização propor um contracto de 1 ano, foi feita uma renegociação e assinámos um contracto de 6 meses, contracto esse que findaria em meados de Janeiro de 2018.

  Basicamente, o que nos seria “oferecido” seria uma sala privada de Teampeak, um servidor francês para praccs, vestuário representativo da organização, overlays/headers para plataformas de streaming e para as redes sociais e pagamento parcial ou na totalidade de todos os encargos que teríamos ao nos deslocarmos para grandes eventos (por exemplo cph games).

  Antes de assinarmos o contracto, a pessoa que estava em contacto com a equipa, questionava-nos diariamente se estávamos bem (irrita-me ligeiramente quando fazem isso mas consigo compreender porque o fazem). Depois de assinarmos o contracto, entraram em contacto 2-3 vezes individualmente e 5-6 vezes no grupo do twitter que foi criado pelas pessoas da organização. Mas tudo certo.. Tinham mais assuntos, provavelmente até mais importantes – sem ironia – para se preocuparem.

  A primeira coisa em que tivemos de insistir foi no cumprimento do pagamento dum servidor. Sim, um servidor para practicar e melhor a nossa prestação e, posteriormente, fazer prestações cada vez melhores dignificando o nome desta organização. Enquanto líderes dum projecto têm de, pelo menos, ter pessoas com conhecimentos dos jogos envolvidos e saber qual o básico a obter para cada um deles. Visto que não tinham conhecimento de como pagar o tal servidor, informámos-os como deveriam proceder e, em vez de o fazerem, perguntaram se não poderíamos ser nós a fazê-lo que nos dariam o dinheiro para esse fim. Nós, jogadores, temos de nos preocupar com a nossa qualidade enquanto representantes duma entidade e não com os complementares a serem adquiridos para que essa performance evolua.

  A segunda coisa baseou-se nas redes sociais – capas e logótipos. É um bocado chato quando se tem de insistir quase uma semana para ter capas para o twitter/facebook, capas que tratam da divulgação da imagem da organização por si só. Esperar não é o que chateia, mas ficar irritado por “termos recebido o servidor e pedir logo uma capa”, halo? Acaba por ser algo a favor da organização e ser “igual” para nós enquanto representantes.

  A nossa jogadora Annikeen pediu um overlay, visto que começou a aventurar-se pelo mundo do streaming e, como já era de esperar, ainda bem que esperou praticamente 1 mês sentada e tinha amigos capazes de lhe fazerem esse mesmo overlay. Facto estranho: a pessoa em contacto não tinha tempo para tratar disso mas, quando se tratava de streamar por conta da organização, já tinha todo o tempo – sim, estava a usar o overlay da organização.

  Depois da quantidade absurda de perguntas relacionadas com a previsão de entrega de servidor e do recebimento do mesmo, o pagamento expirou, questionámos a organização quanto ao tempo que demorariam a resolver o problema sendo que teríamos um qualificador 2 semanas depois (dia 5 de Agosto). O mesmo afirmou que não tinha conhecimento do que teria acontecido e não conseguiria entrar em contacto com a pessoa que resolvia estas situações – penso que ele estivesse de férias devido ao argumento que posteriormente nos deu. “Vocês não treinaram nos últimos dias porque estão de férias” afirmou ele. Não tenho conhecimento de qual foi a fonte dele visto que, mesmo com alguém ausente, jogamos como nosso treinador.

  Na nossa última tentativa, alguém perguntou se ele resolveria o nosso problema e a resposta foi simplesmente hilariante. Qualquer coisa relacionada com: vocês nunca gostaram de aqui estar por isso agora podem ir embora.

  Temos um contracto assinado que deixámos de parte sem pagar o valor de rescisão sendo que a organização não foi profissional e não cumprir o estipulado. Usámos os logótipos e capas, partilhámos também nas redes sociais a nossa entrada – inclusive na twitch.

  Ainda bem que saímos desta organização, já não estamos na geração do CS 1.6, quando as raparigas se juntavam numa equipa e iam para uma organização só porque era “cool”. Esta é a era do CS:Go… É o mesmo que: somos humanos, já não somos macacos.

  Neste momentos, estamos à procura duma organização decente, profissional e na qual possamos confiar. Se o intuito seria fazer-nos uma proposta para o fim ser igual a este, não vale a pena tentar o contacto.

  Peço desculpa pela dimensão da publicação mas as equipas não deviam importar-se por representar uma organização “sem nome” apesar de, aparentemente, ser um “nome” que todos deveríamos começar a procurar. Infelizmente, este é um dos motivos pelos quais as equipas começam a agir como “gold diggers”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

Create a website or blog at WordPress.com

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: