O Camelo Devorador

  Sim, estão a ler bem… um camelo devorador. Continuem a ler para saber mais!

  Por volta dos meus 14 anos? de idade fiz a minha segunda viagem de avião a uma ilha de Espanha, mais propriamente Lanzarote.

  Entre outras aventuras e descobrimentos numa ilha vulcânica, decidimos partir na derradeira conquista dos montes à moda dos viajantes que usavam os camelos como meio de transportes.

  Sempre tive receio de animais que fossem meus “desconhecidos” tirando cobras, gatos e animais mais “perigosos” do que escaravelhos por exemplo. Pois bem, pagámos a excursão e quando chegámos ao local fomos levados para o sítio onde os bem ditos camelos estavam.

  Como podem ver pela foto, tinham um ar pastelão e estavam amordaçados, parados no seu belo cantinho. Tão pacíficos os camelos, certo?

  Sentámo-nos no camelo e a, assim que começou a andar, a revolução começou! Nós íamos no primeiro camelo da fila e, por algum motivo, o camelo ganhou uma especial obsessão pelo cabelo esvoaçante da minha mãe. À medida que a fila andava, o camelo cada vez mais se aproximava, até que não conseguia aproximar-se mais.

  Escusado será dizer que o passei maravilhoso pelos montes de areia se tornou no pesadelo montanhoso da perseguição por parte dum camelo a quem demos o nome de “Crazy”, nome dado pela minha mãe com o seu maravilhoso sotaque de quem não sabe falar inglês.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a website or blog at WordPress.com

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: