Tatá, 1 ano passou 15/01/2017

  Um ano passou mas nada mudou.   Aguardei a tua ida durante os teus piores dias mas foi na tua sobriedade que te fizeram partir. Encontraram-te na churrasqueira, local onde tanto gostavas de permanecer, deitada e solitária a viver a paz do teu dia. Ali te deitaste num dia sem Sol, nem chuva. Ali…

2017 – Ano da Mudança

  2017 foi um ano representado maioritariamente pela palavra “mudança” e pela oscilação de emoções convertidas em diversas fases diferenciadas por níveis de estabilidade, ou falta dela.   Tudo começou pela primeira passagem de ano significativa de há muitos anos para cá, desenrolando-se na partida da minha estimada gata de nome Tatá. Dei por terminada…

Holofote Natalício

  O Natal mágico de outrora representa agora um extremo reboliço sem significado. A banalização do facto de “termos a obrigação de dar porque recebemos” faz-me uma extrema confusão. Esta necessidade excessiva de comportamentos natalícios que não seriam realizados se não fosse esta época festiva deixa-me indefinidamente repugnada.   Não, eu não gosto nem concordo…